sexta-feira, junho 30, 2006

«Café Contacto»


Depois do sucesso da estreia, na sua sede, a Contacto leva o seu «Café» até à Praça das Galinhas. É esta noite, com início marcado para as 22 horas, no âmbito do programa «Aqui'Ovar», da Junta de Freguesia de Ovar. A não perder!
No Mercado do Furadouro
Este fim-de-semana há mais Tasquinhas


SOLANGE JÓIAS - OURIVESARIA
Rua Cândido dos Reis, n.º 12 - Telefone: 256 582 061
Ovar



Localizada bem no coração do centro urbano de Ovar, a «Solange Jóias» prima pelo atendimento personalizado e qualidade dos seus artigos.
Possui uma grande variedade de jóias e artigos em ourivesaria e é agente das melhores marcas de relojoaria.



Uma jóia diz muito de quem a usa, por isso, não deixe de visitar a «Solange Jóias», onde decerto vai encontrar a peça que procura, desde ouro, pratas e jóias, ou o serviço que necessita: limpezas e polimento de ouro e prata, gravações em anéis, alianças, placas, canetas, entre outros.

PÉ DE VENTO
Café/Bar/Restaurante
Praia do Furadouro (Norte)



As emoções do futebol com a Selecção Nacional no Pé de Vento





Nos meses de Julho e Agosto, há Karaoke todas as sextas-feiras!
Deputado PS questiona Governo
sobre transferência da Exponor


O deputado socialista Agostinho Gonçalves questionou hoje o Governo sobre o alegado "interesse nacional" da transferência da Exponor de Matosinhos para Santa Maria da Feira.
Num requerimento dirigido ao Ministério da Economia, Agostinho Gonçalves pergunta ao ministro Manuel Pinho se o projecto de expansão do centro de congressos e exposições Europarque, em Santa Maria da Feira, entregue na Agência Portuguesa para o Investimento (API), é considerado um Projecto de Interesse Nacional (PIN).
"Se sim, como se sustenta o interesse nacional da desactivação da Exponor em Matosinhos e a respectiva transferência para a nova localização?", questiona o deputado.
O presidente da Associação Empresarial de Portugal (AEP), Ludgero Marques, entregou dia 06 na sede da API, no Porto, na presença de Manuel Pinho, o projecto de expansão do Europarque, que vai custar 470 milhões de euros e criar 6.150 empregos.
"Como é certo e sabido, a Exponor [actualmente instalada em Leça da Palmeira, Matosinhos] vai passar para o espaço generoso do Europarque, onde não temos condicionamentos de estacionamento", disse Ludgero Marques na ocasião.
O presidente da AEP salientou que a nova Exponor "vai deixar de ser um armazém, um conjunto de edifícios, para ser realmente uma grande sala de exposições", de nível internacional e com diferentes valências.
O presidente da API, Basílio Horta, referiu que a documentação entregue pela AEP "é praticamente um pré-PIN", devendo a agência pronunciar-se sobre essa classificação com a "celeridade habitual".
No seu requerimento, o deputado socialista salienta que a Exponor "é o maior parque de exposições português", com 200 mil metros quadrados, 60 mil dos quais cobertos, estando muito próximo do Porto de Leixões, Aeroporto Sá Carneiro, terminal TIR e centro da cidade do Porto.
"No eventual desaparecimento da Exponor em Matosinhos, que projectos de interesse económico para o país e para a região estão previstos na área de implantação da Exponor?", pergunta Agostinho Gonçalves.
A AEP e a Câmara de Matosinhos estão a negociar o destino a dar aos terrenos actualmente ocupados pela Exponor, não tendo ainda anunciado os serviços e valências que o espaço passará a ter.

quinta-feira, junho 29, 2006

Mais um homem do Norte

A propósito da vinda do Júlio Machado Vaz a Ovar, esta noite: Sempre achei que o sexo deveria ser abordado abertamente de parte a parte! Mas mais por parte delas...
É que se as mulheres não se abrem... nada feito!
Ele é como o vinho do Porto



O histórico e carismático vocalista dos GNR, em entrevista ao último Blitz - que surge de cara nova e lavada, em novo formato e muito apelativo - quando questionado se era desbocado, respondeu da forma que a seguir se transcreve: «Não sou mais porque já me avisaram, nomeadamente a mulher com quem vivo e que amo. Ela diz assim: "epá, tu és rancoroso, tu gostas de dizer mal... olha que hoje em dia as coisas não funcionam assim". Gosto de me rir quando vejo as figuras das outras pessoas. Acho até que o faço com uma certa ternura e cumplicidade. Não é rancor nem inveja».
Este homem é um senhor, carago!!

quarta-feira, junho 28, 2006

Carnaval de Estarreja
continua a ter Verão



Em Estarreja, o Entrudo também se festeja na estação mais quente do ano. O Carnaval de Verão acontece no próximo fim de semana, dias 30 de Junho e 1 de Julho.
A Praça Francisco Barbosa é o epicentro das duas noites de festa. Quatro meses depois, as plumas, as lantejoulas, a folia e o bom humor estão de regresso ao centro da cidade.
No dia 30, o grupo estarrejense "AXÉ BRASIL" dá início à animação com música brasileira. No dia 1 de Julho, o ponto alto do Carnaval de Verão acontece com o Desfile Nocturno.
As 4 Escolas de Samba de Estarreja e os Grupos Apeados classificados nos três primeiros lugares no Carnaval 2006 protagonizam o corso dessa noite, que se irá prolongar com a actuação do Grupo de Pagode "7&1", também de Estarreja.
Os Grupos Apeados exibem temas onde impera o bom humor, a sátira política e a imaginação. Os “Xateados” encenam uma batalha entre “Índios e Amaricanos”. Os “Zsa Zsa’s” viajam numa “Odisseia no Tempo”. O grupo “Tás Ku Ela” faz exercício físico nos “Domingos em Sofrimento”.
As Escolas de Samba exploram enredos ornamentadas com plumas e lantejoulas. Ao ritmo da bateria, os Morenos entram na história da “Música”. O Vai Quem Quer parte à descoberta do “Fantástico Reino do Eldorado”, valorizando a natureza. O Trepa Coqueiro lança o SOS ambiental, “Socorro, Vamos Começar De Novo”. A “Unidade Na Diversidade, a Independentes Apela À Igualdade” é o que defende a Independentes da Vila.
O evento tem organização conjunta da Câmara Municipal e da Associação de Carnaval de Estarreja. A 5ª edição do Carnaval fora de horas vai atrair outros públicos a Estarreja, nomeadamente os emigrantes que já se encontram de visita à sua terra natal.
Os espectáculos têm início às 22h, na Praça Francisco Barbosa. As entradas são livres, com excepção das bancadas no dia do desfile em que os bilhetes custam 2 euros.

D'zrt voltam a Ovar

Dia 22 de Julho no Parque do Clube Desportivo do Furadouro


O maior fenómeno da pop nacional de 2005 e dos últimos anos em Portugal, volta aos palcos em 2006 com um novo álbum, novas músicas e um espectáculo absolutamente arrasador!
Os D`zrt estão assim de regresso a Ovar, dia 22 de Julho, para um concerto inserido na digressão nacional de promoção do novo álbum com edição no próximo mês de Junho. Os bilhetes para este espectáculo estarão disponíveis brevemente.
O evento é co-produzido pelos Promotores da Tentzone e a “Positiva Eventos” em co-parceria com a Fundação de Carnaval de Ovar e o Bricomarché.
Tudo começou nos Morangos com Açúcar quando tiveram a grande oportunidade de conciliar as suas paixões como artistas: a música, a dança e a representação! Foi no ecrã da TVI que a banda D`zrt (lê-se "dessert" - sobremesa, "D" de David, "R" de Ruca, "T" de Topê e "Z" de Zé Milho) ganhou vida e desenvolveu o primeiro álbum, lançando-se assim para as luzes da ribalta, mas desta vez na realidade...
Bastou o lançamento do álbum e os primeiros concertos para o Angélico, Edmundo, Vintém e Cifrão provarem a todo o país que ganharam vida própria, para além de ajustarem o álbum ao estilo pessoal de cada um e fazerem arranjos em algumas músicas que agora se ouvem nas rádios a toda a hora, agarraram-se aos palcos deste Portugal com uma força inigualável, levando assim o álbum D`zrt ao 1ºlugar do top de vendas nacional durante meses a fio.
Foi também fora do pequeno ecrã que conheceram uma equipa técnica e de segurança fabulosa, músicos e profissionais excelentes que contribuíram ainda mais para o maior fenómeno musical português de todos os tempos.
Desde a terra mais remota, passando pelas cidades históricas, dos Coliseus do Pavilhão Atlântico e agora do Rock In Rio, esta banda promete muito mais...com um DVD a caminho e um segundo álbum ainda mais talentoso e digno de mérito que prepararam com muita dedicação.
Mais informações em: www.dzrtonline.com

terça-feira, junho 27, 2006

Mike Tyson vai jogar no lugar de Costinha

Van Dam pode substituir Deco, ingleses jogam com Stallone.(Aqui)
«Já tem o meu cartão?»



O homem que após o «Alemanha 2006» vai passar a ser conhecido como Ivadezasseis...

segunda-feira, junho 26, 2006

Goodbye Posh!



Victoria Beckham parece nem querer acreditar que Portugal se vai cruzar outra vez com a Inglaterra do marido. Ela que veio para a Alemanha toda airosa e cheia de brios, já começou a fazer as não se sabe bem quantas malas, porque no sábado vai ser «Goodbye Germany»!!!
Não havia necessidade de ser épico







... mas foi e agora quem é que pára este exército luso superiormente orientado por um brasileiro que já leva 11 jogos consecutivos sem perder em Mundiais?

domingo, junho 25, 2006

Mais um hino para animar





Confio em Figo, Ronaldo e Gilberto Madaíl
Com gente experiente, audaz e um pouco senil
Estamos neste Mundial com ganas de ganhar
???????????? porque estou-me a ??????????


Scolari mandou apoiar
eu vou, eu vou
ponham bandeiras às janelas
que o Petit rebenta com as canelas


Já foi a Angola, depois o Irão,
nem que seja marcado à mão


Uma obra dos «Caixilhos Ilaminados»

sábado, junho 24, 2006

Paulo Nuno, claro!

Nem seria necessário fazer um inquérito para saber qual foi o jogador da equipa da Ovarense Aerosoles mais influente na conquista do título. O Paulo Nuno, claro! Ele recolheu 79 votos, contra 52 de Ben Reed, 51 de Nuno Manarte e 33 de Heshimu Evans. Mais Nada!
Agora temos um novo inquérito online. Não é bem o mesmo que o «Bet & Win», mas aposte!

sexta-feira, junho 23, 2006

Mundial2006
CTT têm pronto bloco filatélico
com a legenda «Portugal Campeão!»


Os CTT Correios de Portugal já têm preparado um bloco filatélico no valor facial de 2,35 euros com a inscrição "Portugal Campeão!", para a eventualidade de a selecção portuguesa vencer o Mundial de futebol Alemanha2006.
O selo em questão retratará o Estádio Olímpico de Berlim, o palco da final de 09 de Julho, e incluirá o símbolo do campeonato e o troféu em disputa.
Na parte de baixo ostentará ainda a legenda "Portugal Campeão!", com uma barra verde e vermelha a separar as palavras.
Um comunicado hoje emitido pela autoridade postal portuguesa indica ainda que, caso Portugal vença o Mundial de futebol, o selo comemorativo será emitido no dia seguinte à final.
Já não se pode ter algum divertimento

quinta-feira, junho 22, 2006

Comboios especiais desde Ovar
S. João de folia, fogo, martelinhos e bailaricos

Bailaricos, balões de papel, alhos-porros e martelinhos, bem como o tradicional espectáculo de fogo-de-artifício sobre o Douro, marcam sexta-feira à noite a festa de S.João, no Porto, que enche sempre a cidade de foliões.
Os martelinhos, os balões de ar quente em papel a iluminar a noite, os manjericos, as sardinhas assadas e o alhos-porros tornam estes festejos únicos no Porto, reunindo milhares de pessoas, entre as quais muitos estrangeiros.
E para que os turistas jamais esqueçam esta festa, a Câmara do Porto decidiu oferecer, durante o dia de sexta-feira, martelinhos de S. João a todos os que passem pelos postos de turismo municipais. Este ano, a autarquia também recuperou a tradição do bolo de S.João, que depois de quase 50 anos de ausência, regressa agora às pastelarias da cidade.
Do programação de animação destaca-se a actuação de EZ Special e Grupo Pop Rock na Praça Francisco Sá Carneiro, e do Conjunto António Mafra e Banda Lusa, na Praça da Liberdade. A Casa da Música associa-se aos festejos a partir das 22:00 de sexta, com três concertos gratuitos na sua praça exterior: Orquestra Nacional do Porto, Jorge Palma e os Táxi.
O tradicional espectáculo de fogo-de-artifício vai decorrer às 24:00, junto ao rio Douro, iluminando as cidades do Porto e Gaia. Este ano, como também já é tradição, realiza-se o concurso de cascatas, organizado pela Câmara do Porto, e também o das Rusgas de S. João.
Para servir os foliões, tanto a STCP como o Metro e a CP decidiram reforçar os seus serviços. A STCP terá mais autocarros a circular durante a noite e madrugada, o mesmo acontecendo com o metro que vai operar toda a madrugada e colocar em operação veículos duplos, para aumentar a capacidade de transporte. Já a CP disponibilizará na noite de sexta para sábado comboios especiais entre as 02:00 e as 05:15, com origem em S. Bento e destino a Braga, Guimarães, Penafiel, Caíde, Ovar e Aveiro.(«Portugaldiário»)

quarta-feira, junho 21, 2006

Venha a Holanda!


Participações no Mundial: Está a cumprir a oitava.
Melhor classificação: Vicecampeã em 1974 e 1978.

Outros títulos:
Campeã Europeia, 1 (1988).

- As participações na fase final:
Edição J V E D GOLOS Fase Clas.
---------------------------------------------------------
1934 1 0 0 1 2-3 Oitavos 9º
1938 1 0 0 1 0-3 Oitavos 14º
1974 7 5 1 1 15-3 Final 2º
1978 7 3 2 2 15-10 Final 2º
1990 4 0 3 1 3-4 Oitavos 15º
1994 5 3 0 2 8-6 Quartos 7º
1998 7 3 3 1 13-7 Meias 4º
2006 3 2 1 0 3-1 Oitavos (a)
Total: 35 16 10 9 59-37
(a) - Após a realização da primeira fase.

- Fase de qualificação:
Grupo 1
08/09/04 República Checa (C), 2-0
(Pierre van Hooijdonk 34, 84)
08/10/04 Macedónia (F), 2-2
(Goran Pandev 45, Aco Stojkov 71/ Wilfred Bouma 42, Dirk
Kuyt 65)
13/10/04 Finlândia (C), 3-1
(Wesley Sneijder 39, Ruud van Nistelrooy 41, 63/ Teemu
Tainio 13)
17/11/04 Andorra (F), 3-0
(Phillip Cocu 21, Arjen Robben 31, Wesley Sneidjer 78)
26/03/05 Roménia (F), 2-0
(Phillip Cocu 01, Ryan Babel 84)
30/03/05 Arménia (C), 2-0
(Romeo Castelen 03, Ruud van Nistelrooy 33)
04/06/05 Roménia (C), 2-0
(Arjen Robben 26, Dirk Kuyt 47)
08/06/05 Finlândia (F), 4-0
(Ruud van Nistelrooy 36, Dirk Kuyt 76, Phillip Cocu 85,
Robin van Persie 87)
03/09/05 Arménia (F), 1-0
(Ruud van Nistelrooy 64)
07/09/05 Andorra (C), 4-0
(Rafael van der Vaart 23, Phillip Cocu 27, Ruud van
Nistelrooy 43, 89)
08/10/05 República Checa (F), 2-0
(Rafael van der Vaart 31, Barry Opdam 38)
12/10/05 Macedónia (C), 0-0

- Classificação: J V E D GOLOS P
1. HOLANDA 12 10 2 0 27-3 32
-----------------------------------------------------------
2. República Checa 12 9 0 3 35-12 27
-----------------------------------------------------------
3. Roménia 12 8 1 3 20-10 25
4. Finlândia 12 5 1 6 21-19 16
5. Macedónia 12 2 3 7 11-24 9
6. Arménia 12 2 1 9 9-25 7
7. Andorra 12 1 2 9 4-34 5

- Fase final (grupo C)
11/06/06 Sérvia e Montenegro (N), 1-0
(Arjen Robben 18)
16/06/06 Costa do Marfim (N), 2-1
(Robin van Persie 23, Van Nistelrooy 27/ Bakary Kone 38)
21/06/06 Argentina (N), 0-0

- Classificação: J V E D GOLOS P
1. Argentina 3 2 1 0 8-1 7
2. HOLANDA 3 2 1 0 3-1 7
-----------------------------------------------------------
3. Costa do Marfim 3 1 0 2 5-6 3
4. Sérvia e Montenegro 3 0 0 3 2-10 0

- Os nove jogos com Portugal:
Nº Data Adversário Local Carácter
------------------------------------------------------------------
290 17/10/90 Holanda (C), 1-0 Porto Europeu
(Rui Águas)
299 16/10/91 Holanda (F), 0-1 Roterdão Europeu
(Richard Witschge)
302 12/02/92 Holanda (C), 2-0 Faro Particular
(Oceano, César Brito)
327 22/02/95 Holanda (F), 1-0 Eindhoven Particular
(Pedro Barbosa)
361 10/02/99 Holanda (N), 0-0 Paris Particular
382 11/10/00 Holanda (F), 2-0 Roterdão Mundial
(Sérgio Conceição, Pauleta)
385 28/03/01 Holanda (C), 2-2 Porto Mundial
(Pauleta, Luís Figo gp/ Jimmy gp, Kluivert)
408 30/04/03 Holanda (F), 1-1 Eindhoven Particular
(Patrick Kluivert/ Simão)
426 30/06/04 Holanda (N), 2-1 Lisboa Europeu
(Cristiano Ronaldo, Maniche/ Jorge Andrade pb)

Balanço (x): J V E D GOLOS
Oficiais 5 3 1 1 7-4
Particulares 4 2 2 0 4-1
Casa 3 2 1 0 5-2
Fora 4 2 1 1 4-2
Campo neutro 2 1 1 0 2-1
TOTAL: 9 5 3 1 11-5
(x) - Números respeitantes a Portugal.
Portugal! Portugal!




A selecção nacional venceu o México por 2-1, com uma exibição algo descolorida, e fica agora na expectativa da Argentina não perder com a Holanda, logo à noite.
Futebol/Mundial
Futebolista moçambicano ex-Ovarense
pede maior ousadia à selecção angolana


A selecção angolana de futebol terá que mostrar uma postura mais ousada, visto não ter mais nada a perder na partida de quarta-feira contra o Irão, disse hoje, na cidade do Porto, o moçambicano Mário João, antiga glória do Boavista Futebol Clube.
"Nas quatro linhas são onze contra onze, logo, as hipóteses são iguais tanto para Angola como para o Irão, apesar dos Palancas Negras terem fortes possibilidades de vencer o seu último adversário desta fase do mundial", frisou.
Para a antiga estrela moçambicana, actualmente treinador da equipa juvenil do clube do Bessa, para se ultrapassar este obstáculo será importante o espírito de inter-ajuda e muita concentração dos jogadores, bem como alguma ousadia do técnico Oliveira Gonçalves.
Segundo ele, a equipa angolana tem atacantes que têm uma mobilidade impressionante, por isso, é sua obrigação pressionarem fortemente o sector mais recuado do Irão, sem esquecerem-se da sua defesa que deverá evitar cometer erros.
"No momento de rematar terão que o fazer sem hesitações, por tratar-se de uma partida única para a passagem aos oitavos de finais da competição, o que ao concretizar-se seria uma grande honra para Angola e para África", sublinhou.
Quanto à participação das selecções africanas no mundial da Alemanha, o ex-praticante disse não compreender como é que nos seus clubes os jogadores africanos serem autênticos fenómenos e quando chamados a defender as cores dos seus países terem um desempenho longe das suas reais capacidades.
Contudo, Mário João, que chegou a Portugal nos anos 60, tendo representado o Vitória de Setúbal, Ovarense, Feirense e Boavista deseja muita sorte aos angolanos, vaticinando uma vitória por 2-1 sobre o Irão. («AngolaPress»)
A Selecção até pode ganhar
mas Portugal é o mesmo


«Governo impede redução de portagens nas auto-estradas em caso de obras»
In Público

«Limite nas pensões só para privados»
In Correio da Manhã

terça-feira, junho 20, 2006

Os «Simpsons» no México-Portugal

... no dia em que mexicanos e portugueses decidiram quem era a melhor equipa do Mundo. Oiçam bem: Homer mata-se se Portugal não ganhar. Desconhecia-se a «costela» angolana do patriarca Simpson. Premonitório?

Os motivos da Maria

Aqui encontra as propostas apresentadas pela Comissão Nacional da Saúde da Mulher da Criança em 1999 que, entre outras, resultou no encerramento da Maternidade do Hospital de Ovar.
Num momento em que o encerramento de diversos blocos de partos estão na ordem do dia, cá ficam os problemas, prioridades e propostas de solução apresentadas pela Comissão Nacional da Saúde da Mulher da Criança, a 4 de Março de 1999, à Ministra da Saúde, Maria de Belém Roseira. Para memória futura.

segunda-feira, junho 19, 2006

É pequenino mas percebe de bola



Um pequeno adepto da Selecção segura uma fotografia de Figo durante um treino da equipa nacional no estádio de Heidewald, em Gutersloh, a contar para o Mundial da Alemanha. Apesar da tenra idade, ele também sabe que Figo tem sido a alma da selecção nacional. Portugal defronta o México na quarta-feira, tendo já garantido a passagem para os oitavos-de-final. (Foto: João Abreu Miranda/Lusa/Público)

Feira do Doce Tradicional





Encerrou ontem a feira do Doce Tradicional que este ano se realizou no Jardim do Cáster, em barraquinhas diferentes do habitual. Ontem, a afluência foi muita, como se pode, aliás, constatar. As iguarias eram realmente de comer e chorar por mais, como também se pode comprovar na foto. E acrescentamos nós que o sabor faz jus ao excelente aspecto dos doces.

domingo, junho 18, 2006

X Feira da Flor







Três instantâneos tirados esta tarde na Praça da República, durante a décima edição da Feira da Flor. Como se pode verificar, não há Dia Europeu Sem carros que chegue aos calcanhares deste certame que a Câmara Municipal de Ovar organiza em conjunto com a DRABL. Até os bichinhos gostam!
Famílias desesperam por casa
nova que deverá surgir até 2010


A "casa" é feita de tábuas de contraplacado, plástico ondulado, chapas de zinco e restos de entulho de obras, mas Arménio e Clara Maciel vêem-na como um palácio. Sabem que é uma casa pobre, mas é a sua casa, onde vivem modestamente na companhia de três filhos, onde já se viveu pior do que hoje, onde se chegou a fazer as necessidades num balde de lata. Mas, muito trabalho e vontade de viver condignamente fê-los transformar o que não passava de "um buraco" naquilo que é hoje, uma casa. É, por isso, com um enorme orgulho que mostram as várias divisões da habitação onde não chove em parte alguma e que até tem fogão de sala, quarto de costura e onde não falta sequer um quarto de hóspedes. Quanto à luz e água, têm-nas graças à partilha de vizinhos.
A casa de Arménio e Clara Maciel é apenas uma das muitas que constituem o Bairro de S. José, em Ovar, onde muitas famílias vivem em condições em que a maioria das pessoas não suportaria viver durante 24 horas, quanto mais uma vida inteira. Casos há de famílias que, ao contrário dos Maciel, se resignaram à pobreza e não têm sequer casa de banho.
O cenário poderá, no entanto, mudar dentro em breve, pelo menos para 20 daquelas famílias. É que a Câmara Municipal de Ovar assinou um acordo de colaboração com o Instituto Nacional de Habitação para a construção de 252 fogos, até 2010, 20 das quais já estão a ser construídas no lugar do antigo matadouro e destinar-se-ão a moradores daquele bairro.(«JN»)

sábado, junho 17, 2006

Mundial2006: Grupo D
Portugal nos oitavos-de-final

Portugal garantiu hoje, com uma vitória frente ao Irão (2-0), um lugar nos oitavos-de-final do Mundial de futebol Alemanha2006, conseguindo passar a primeira fase da prova 40 anos após o ter conseguido pela única vez.
Com a vitória frente ao Irão (golos de Deco e Cristiano Ronaldo), Portugal somou seis pontos no Grupo D, enquanto o México - que sexta-feira consentiu um empate frente aos angolanos (0-0) - soma quatro, Angola um ponto e Irão zero.
Na última jornada do Grupo, agendada para quarta-feira, Portugal defrontará o México - em jogo que servirá para definir o primeiro lugar -, enquanto Angola ainda sonha com a qualificação no jogo frente ao Irão, já eliminado.
Com este apuramento, Portugal chega à segunda fase de um Mundial, depois de 1966 ter chegado às meias-finais, onde foi batido pela Inglaterra, e de em 1986 e 2002 não ter passado a fase de grupos.
Neste Mundial Portugal é a sexta selecção a garantir a presença nos oitavos logo na segunda jornada do Grupo, juntando-se à Holanda, Argentina, Alemanha, Equador e Inglaterra, enquanto de fora estão já Irão, Sérvia e Montenegro, Costa do Marfim, Polónia, Paraguai e Costa Rica.
Portugal e a outra equipa apurada do Grupo (a definir entre Angola e México) irão "cruzar" nos oitavos-de-final do Mundial com os primeiros do Grupo C, Argentina e Holanda.

sexta-feira, junho 16, 2006

Algumas imagens do Areinho





Os «Amigos do Cáster» mostram o estado a que chegou o Areinho. O cartão de visita não é bonito.

quinta-feira, junho 15, 2006

A Avaliação dos Professores


(enviado por e-mail)

quarta-feira, junho 14, 2006

Santo António de Ovar



A capela de Santo António, localizada no centro da cidade, é do final do séc. XVII, e possui fachada de azulejo do séc. XX. Os retábulos são do século XVIII.
Conhecida pela tradicional missa e bênção do gado, efectuada junto à capela, no dia 13 de Junho.
A tradição perdeu-se, em ritmo acelerado nos últimos anos, já que na década de oitenta do século XX ainda eram visíveis muitos animais em redor da capela no dia do santo. Claro que bosta de vaca era coisa que não faltava, mas os serviços da autarquia eram lestos a limpar os dejectos.
Hoje, com a desertificação da lavoura, os animais também rareiam e nem mesmo os agricultores dos lugares mais próximos, como a Ribeira ou a Marinha, comparecem.
Meu rico Santo Antoninho



Quase 24 horas depois da Missa que costumava assinalar a benção dos animais, na tua capela e no dia que te é dedicado, constata-se que já não há as vacas, os cães, os gatos e as galinhas a pagar promessas à volta capela como havia antigamente. Os «milagres» agora estão no consultório do veterinário.
Rede de Cuidados Continuados

A revista GH, n.º 17 de Maio 2006, insere uma interessante entrevista com a Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Maria Augusta de Sousa:

GH – Como vê a proposta da Rede de Cuidados Continuados (RCCI)?
MAS – É uma exigência nacional. É mesmo uma emergência. Nós temos, neste País, uma dificuldade objectiva de garantir interfaces entre os cuidados que necessitam de grandes recursos tecnológicos e os que necessitam menos. Tenho algumas reservas sobre a sua implementação.
GH – Porquê?
MAS – Estamos a falar de uma rede que obriga a que se reequacione, se redimensione os próprios hospitais e valências existentes e se valorize outra valência. Isto não é fácil. É dizer que o Hospital de Santa Maria em vez de ter X camas com X valências diminui essas camas para ter outro tipo de valência que é o suporte necessário aos cuidados continuados. Há quadros mentais, profissionais e estruturais…
GH – De que área profissional?
MAS – Todas as áreas profissionais vão ter de se adoptar a uma nova filosofia de cuidados. Mas é bom termos a noção de que a maioria dos cuidados hospitalares estão fortemente condicionados pela organização dos cuidados médicos.
E há outra vertente. Muitas das misericórdias deste País apetrecharam-se para cuidados altamente tecnológicos – montaram blocos operatórios – isto são cuidados continuados?
(Com a devida vénia ao «Saúde, SA» e Marina Caldas, autora da entrevista)

terça-feira, junho 13, 2006

Meteorologia
Bom tempo só deverá regressar
a Portugal na próxima semana


O mau tempo que se vem registando na nossa região não provocou danos de maior, apesar de ter falhado o abastecimento de energia eléctrica durante a noite de ontem, em vários locais da cidade de Ovar. O Instituto Nacional de Meteorologia (INM) estima que o bom tempo só deverá regressar ao território português na próxima semana, prevendo-se que o mau tempo se mantenha no feriado e ainda no fim-de-semana.
A meteorologista Madalena Rodrigues explicou que os aguaceiros hoje registados no Norte de Portugal deverão continuar amanhã. Estes aguaceiros são explicados por uma depressão que está a deslocar-se para Sul, onde na quinta, que é dia feriado nacional, e na sexta-feira poderá ocorrer precipitação.
Madalena Rodrigues reconhece que a situação de aguaceiros e trovoadas, hoje registada no País, "não é bem normal" para a época, mas também não é excepcional.
Deve-se, precisou a meteorologista, a uma depressão que se dirige para Sul, o que leva à previsão de aguaceiros, quinta e sexta- feira, no Algarve, enquanto, no resto do País, poderão ocorrer pequenos aguaceiros.
Contudo, quando essa depressão sair do País, pelo Sul, está prevista a chegada de uma outra, pelo Norte, que poderá provocar precipitação no domingo.
Assim, com os dados disponíveis neste momento, o INM só prevê o regresso do bom tempo a partir de 20 de Junho, altura em que deverá verificar-se uma subida de temperatura e deixar de haver precipitação.
Vareiros nas Marchas populares de Lisboa
Madragoa em segundo e Alfama
vence pelo terceiro ano consecutivo


Alfama venceu pelo terceiro ano consecutivo as marchas populares da noite de Santo António, em Lisboa, anunciou a Câmara Municipal de Lisboa. O Bairro da Madragoa, habitado maioritariamente por vareiros e descendentes de «pescadores das praias de Ovar», fez um brilharete na Avenida da Liberdade, onde voltou a desfilar descalça como se estivesse a pisar as areias da praia do Furadouro, embora este ano dedicasse a marcha ao rio Tejo. Os habitantes da Madragoa estão de parabéns, pois conseguiram classificar-se em segundo lugar na edição deste ano das marchas populares de Lisboa, ficando a um passo de ganhar pela décima vez na sua história.
Nos prémios de especialidade, Alfama ganhou a cenografia, a coreografia, o figurino, a análise global e o desfile na avenida, este último partilhado com Madragoa.
A melhor letra das marchas pertenceu a Benfica, os Olivais venceram o prémio atribuído à musicalidade enquanto Alto do Pina, Mouraria e Bela Flor partilharam o melhor cavalinho. «Alcântara está feliz» foi o tema que conquistou o título de melhor marcha inédita.

A lista das classificações das marchas é a seguinte:

1. Alfama
2. Madragoa
3. Alcântara
4. Castelo
5. Mouraria
6. Marvila
7. São Vicente
8. Beato
. Campolide
9. Bica
. Olivais
10. Lumiar
. Carnide
11. Alto do Pina
. Graça
12. Bela Flor
13. Bairro Alto
. Santa Engrácia
14. Ajuda
15. Benfica

segunda-feira, junho 12, 2006

Pois é, pois é...
Tribunal suspende fecho
da sala de partos de Elvas


O Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco aceitou uma segunda providência cautelar, o que "suspende o encerramento" d a sala de partos de Elvas que fechara hoje de manhã, disse a porta-voz do movimento que defende a manutenção da maternidade.
Odete Alves, representante do movimento cívico Pró-Maternidade de Elvas disse ter tido conhecimento da decisão do tribunal hoje de manhã, altura em que encerrou a sala de partos, como estava previsto.
"O Tribunal aceitou a providência cautelar interposta pelo movimento e isso suspende o encerramento da unidade", declarou.
Trata-se da segunda providência cautelar aceite pelo Tribunal de Castelo Branco, depois de, no início de Maio, também a fundação proprietária da maternidade ter tomado idêntica iniciativa para tentar suspender o encerramento.
Contudo, o ministro da Saúde, Correia de Campos, apresentou ao tribunal uma resolução fundamentada, permitindo dar continuidade ao processo de fecho da sala de partos, embora essa providência ainda careça de decisão judicial.


... para os angolanos.
Se chega ou não para iranianos
e mexicanos é o que vamos ver.

sábado, junho 10, 2006

Daniela Mercury dança
o «Balé Mulato» em Ovar


No próximo dia 29 de Julho de 2006 Ovar vai receber o concerto de Daniela Mercury, sendo este o último da tournée europeia 2006, anunciou esta semana fonte da organização.
O "Furacão da Bahia" vai tornar a noite desse sábado memorável para os milhares de pessoas que se esperam no Estádio Marques da Silva – Parque Desportivo da Associação Desportiva Ovarense.
Daniela, que se encontra, neste momento, na Alemanha, a promover o disco, cai cantar todos os hits, com destaque para «Levada Brasileira», que se impõe por unir a batida da capoeira com a batucada do samba carioca em música que exalta o Brasil e o orgulho de ser brasileiro. É o hit natural da Copa do Mundo 2006 e vai animar a torcida verde e amarela na luta pelo hexa.
Com o intuito de levar ao rubro a multidão, a artista intercala o seu ultimo trabalho com ritmos loucos do samba que constituem os seus êxitos sobejamente conhecidos, nomeadamente o Canto da cidade (com Tote Gira), À primeira vista (Chico César), Todo Canto Alegre e Rapunzel (ambas de Carlinhos Brown), e Nobre Vagabundo.
Apesar do sucesso dos concertos realizados em Portugal pela artista e face à característica das gentes vareiras e a toda a envolvência que o samba origina nesta cidade espera-se que, neste caso, seja a multidão a levar ao rubro a artista. A organização espera que demonstrar, uma vez mais, a todo o mundo que Ovar é a capital do Carnaval em Portugal.
Os bilhetes custam de 15 euros (para a bancada) e 10 euros (para a relva). Estarão, antecipadamente, à venda em Ovar, a partir do dia 12 de Junho (Segunda – Feira) nos seguintes locais: Fundação de Carnaval de Ovar; Casa Reis; Posto de Turismo do Furadouro; Pé – de – Vento (Furadouro).
A nível nacional estarão disponíveis através da TicketLine em todos os locais habituais (lojas FNAC, agencias Abreu, El Corte Inglês).
No dia do espectáculo serão colocados à venda no próprio local do evento.
Face à lotação limitada, a organização sugere a todos os interessados a compra antecipada do ingresso, essencialmente para a bancada.
Começou o Mundial de Futebol
Alemanha'2006




«Futebol & Humor» está patente no Museu Virtual do Cartoon. Aqui.

sexta-feira, junho 09, 2006

O «Dia Mau» de Al-Zarqawi


quinta-feira, junho 08, 2006

Polícia pode acabar com ruído
Xiu! Pouco barulho!

O Conselho de Ministros aprovou hoje um novo re gime legal de poluição sonora, em que se permite às autoridades policiais uma actuação imediata para suspender uma fonte de ruído que provoque incomodidade públ ica.
De acordo com o ministro do Ambiente e do Ordenamento do Território, Nunes Correia, a nova legislação recolheu contributos a partir da experiência e da s câmaras municipais e de organismos dependentes da administração central.
Nunes Correia referiu que, actualmente, entre 70 a 80 da população nacional habita em meios urbanos, onde se registam as situações de ruído que provoca m maior incomodidade pública, mas adiantou que a nova legislação "não prevê alte rações drásticas" face ao regime ainda em vigor.
"A partir de agora, a autoridade da PSP, ou da polícia municipal, podem fazer cessar uma determinada fonte de ruído. Pelo regime anterior, para que uma fonte ruído deixasse de causar incomodidade, teria de primeiro haver um auto das autoridades policiais, que depois seria alvo de decisão por parte do presidente da câmara ou do governador civil", explicou o membro do executivo.
Por outro lado, segundo o ministro, a nova lei irá prever três períodos de referência (em vez de dois) ao nível dos indicadores de ruído: além do perío do diurno (das 08:00 às 20:00 horas) e do nocturno (das 00:00 horas até às 08:00 ) passará a haver o período do entardecer, este entre as 20:00 e as 24:00.

O ANO DE TODOS OS PRECEDENTES

«Joaninhas» voam para Tribunal



Para precedente, precedente e meio: Se a Fundação do Carnaval as penalizou, numa atitude sem precedentes no carnaval vareiro, o grupo de "passerelle" «Joanas do Arco-da-Velha» recusa-se a ser «bode expiatório» dos males do cortejo deste ano e abriu outro precedente. Aqui.
Posto de Turismo da Praia do Furadouro
Workshop aborda acessibilidades no Turismo

A Região de Turismo Rota da Luz organiza hoje o segundo workshop com o tema Turismo Acessível, Turismo para Todos, em que se abordará a acessibilidade ao meio envolvente por pessoas de mobilidade condicionada, no âmbito do turismo.
O workshop decorre no Posto de Turismo da Praia do Furadouro, em Ovar. Um equipamento acessível a todos, destaca a organização. Num primeiro momento este workshop será dedicado à análise e partilha de vivências relacionadas com as limitações impostas pelo meio físico. Num segundo momento serão apresentados exemplos de boas práticas neste âmbito.
A iniciativa tem início às 9h30, com uma bolsa de contactos, que se repetirá às 14h30. A sessão de abertura conta com intervenções da secretária de Estado Adjunta e da Reabilitação, Idália Moniz (a confirmar), Pedro Silva, presidente da Região de Turismo da Rota da Luz, e Manuel Alves de Oliveira, presidente da Câmara de Ovar.
Entre os projectos de boas práticas a apresentar (15h00), estão o Projecto da Stª Casa da Misericórdia (Prémio Mobilidade), o Rota do Românico do Vale do Sousa, o portal ajudas.com, e a Turintegra. Paula Teles, da Rede Nacional de cidades e vilas com mobilidade para todos, abordará o tema “Os territórios da mobilidade”, a que se seguirá um debate e encerramento. O workshop destina-se a técnicos de turismo, câmaras municipais, hotelaria, operadores turísticos.

quarta-feira, junho 07, 2006

Podia muito bem chamar-se «Brangelina»...



Esta foto anda a correr mundo e quase não há Blog que não a publique. Mas como para nós é novidade, cá fica a controversa foto do rebento de Angelina Jolie e Brad Pit, tal qual publicada na capa da mais recente edição da «Hello Magazine». A foto vai manter-se até que alguém me obrigue a retirá-la...
Bolseiro protesta «sobre rodas»
ausência de pagamento


De bicicleta e mochila às costas, João Freire, bolseiro de investigação científica há nove anos, partiu ontem de manhã de Aveiro para continuar o protesto que iniciou no Porto. Rumo à Praça do Comércio, em Lisboa, o bolseiro decidiu promover esta acção devido à ausência de pagamentos dos últimos três meses, ou seja 4.200 euros em dívida.
Sempre a pedalar pela zona litoral, João Freire passou já por Espinho, tendo chegado a Aveiro na segunda-feira, por volta das 17 horas. Em solidariedade com o colega, o Núcleo de Bolseiros da Universidade de Aveiro (UA), que faz também parte da ABIC (Associação de Bolseiros de Investigação Científica), juntou-se em frente à Reitoria da Universidade para demonstrar o seu apoio em relação à situação daquele bolseiro. Raquel Santos, presidente do Núcleo de Bolseiros da UA, afirmou estarem solidários com o colega «porque situações destas não podem, obviamente, acontecer». Acrescentou ainda que os bolseiros consideram-se «profissionais de investigação e por isso têm direito a um conjunto de benefícios».
Na situação de João Freire encontram-se mais 11 pessoas, que não receberam pagamentos nos meses de Março, Abril e Maio. A título individual, mas com o apoio da ABIC, João Freire decidiu fazer este percurso de bicicleta (demorando cinco dias), porque desde o último Carnaval deixou de ter dinheiro para a gasolina ou para qualquer outro transporte para se deslocar para o trabalho. A partir dessa altura começou a fazer o trajecto casa-trabalho de bicicleta, desde São Marcos, onde reside, até Oeiras, onde trabalha, fazendo, por semana, cerca de 95 quilómetros. Daí a ideia de fazer um protesto «sobre duas rodas». («DA»)